‘Não pode um homem só ser o senhor do destino’, diz Bolsonaro sobre absolvição de Lula

by Redação Guarananet

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, nesta tarde (8),  que o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reanalise a decisão do ministro Edson Fachin, que anulou monocraticamente as condenações do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva no âmbito da Lava Jato, fato que o torna elegível em 2022.

Para Boslonaro, a decisão do ministro não casa “estranheza”, pois, segundo ele, “Fachin sempre teve uma forte ligação com o PT”.

“Qualquer decisão dos 11 ministro é possível prever o que pensa e botam no papel. Fachin sempre teve uma forte ligação com o PT. Não nos estranha. Não pode um homem só ser o senhor do destino de um julgamento como esse. É questão de Plenário uma decisão dessa aí”, disse Bolsonaro em entrevista à CNN.

Bolsonaro ainda citou “a bandalheira realizada pelo PT durante o governo”, pontuando as delações premiadas feitas por executivos da estatal.

“Eu acredito que o povo brasileiro não queria sequer ter um candidato como esse, imagina eleger. Não a menor dúvida disso pelo mal que causou ao Brasil como um todo.”

0 comment
0

Related Posts

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Politica de privacidade de Cookies